Formatando seu Top no Outlook Express

 

 

Vá em Mensagem/Nova Mensagem usando...Selecionar papel de carta.

 

 

Na caixa que se abrir clique em Criar/Novo

Abrindo o Assistente para configuração de papel de carta, clique em Avançar.

Procure o papel de cartas que quer usar, na pasta em que salvou:

Para formatar um Top, depois de escolher a imagem e dar OK, proceda assim, alterando a opção Esquerda para Centro quando for o caso: se o motivo do papel for centralizado.

A opção de cores para o fundo é pequena. Mas você poderá posteriormente colorir o fundo com o auxílio de um aplicativo que captura cores.   Veja instruções no fim do tutorial.

 

 Executado o passo que define o tipo de papel - Top -  e sua posição no email, clique em Avançar e configure a fonte, isto é, o tipo de letra que vai usar.  Defina também a cor e tamanho:

 

Clique em Avançar e poderá configurar as margens.

 

Vá experimentando e avaliando pelo visualizador, até achar seu resultado ideal.

 

Quando estiver satisfeito clique em Avançar, escolha um nome e clique em Concluir.

 

Clique agora em OK e sua mensagem abrirá formatada, prontinha para colocar o texto.

Este será o momento, no caso dos Tops, de escolher a cor de fundo através de uma tabela de cores, ou de um programinha que você encontra aqui.

Descompacte-o  e execute, marcando a opção HTML.  Use o botão Grab Color para ter disponível um conta-gotas que captará qualquer cor visível na tela.  Ele gera em seguida o código da cor.  Clique em Copy  no código gerado e na sua origem use o botão direito para colar, observando que o código vem completo.

A tag na Origem deverá ficar assim:

 <BODY bgColor=#ffffff>

Sendo que o texto em vermelho será substituído pelo código de cor que você escolheu.

Se preferir, use esta tabela de cores, que você pode salvar com o botão direito do mouse:

 

Prontinho.  Quando quiser usar novamente o mesmo papel, basta ir em Mensagem/Nova mensagem usando/Selecionar Papel de carta ...e procurar seu papel.

Beijos

Romy

 


Tutorial redigido por Romy Bastos para o  Caderninho, em abril de 2004.