Tutorial básico para o programa 

Paint Shop Pro 8

 

Redigido do por Romy Bastos em fevereiro de 2004

contendo uma introdução e 14 módulos. 

 
 

 

 

INTRODUÇÃO


O Paint Shop Pro é um programa editor de imagens, que nos dará condições de  manipular, modificar, alterar, compor e criar imagens.  Conheça rapidamente as ferramentas mais usadas do programa e em seguida veja como começar a usá-lo.


1- Pan Tool , ferramenta que recompõe seu mouse, isto é, desativa a ferramenta anteriormente acionada. Com esta seta você também movimenta trechos de uma imagem ampliada com a lupa.

2- Em seguida, clicando na seta ao lado da Pan, temos a Zoom , nossa lupa para aumentar ou diminuir a visualização de uma imagem. Acionada a lupa, com um click direito do mouse vc diminui a imagem e com um click esquerdo aumenta. Para ver o tamanho real da imagem, clique em , ou no menu em View/Normal View.

3- Deformation tool  é uma ferramenta que ao ser acionada circunda a imagem e nos permite aumentar, diminuir, inclinar ou deformar, arrastando com o mouse.

4- Com a ferramenta Crop você seleciona a parte desejada da imagem e corta todos os excessos.

5- Mover tool  permite que você  movimente uma seleção ( ou uma  porção selecionada de uma imagem ).

6- Selection  oferece várias alternativas de formato para a seleção:  

7- Freehand tool  é acionada na caixa da ferramenta Selection e possibilita selecionar à mão livre, ver abaixo.

8- Magic Wand , vista na imagem abaixo, seleciona partes da imagem, como uma varinha mágica mesmo...:-)

 

9- Dropper  é um conta-gotas com o qual você captura cores.  Com esta ferramenta acionada clique em qualquer cor de uma imagem e ela será acrescentada à sua paleta de cores.

10- Paint brush e Clone brush   são ferramentas para aplicação de cores e outras finalidades, como "clonar" trechos de imagens.

11- Eraser é uma borrachinha para apagar traços e trechos de imagens.

12- Picture tubes são imagens de fundo transparente inerentes ao programa e são usadas como se fossem carimbos.  Podem ser abertos como imagens pelo browser também.

13- Flood Fill é o famoso baldinho para aplicar cores, gradientes, patterns, texturas.

14- Text Tool é a nossa ferramenta para aplicação de textos.

15- Pen  tool nos permite desenhar linhas

pré-definidas ou à mão livre.

16- Preset Shapes são formas pré-definidas que podem ser manipuladas de diversas formas.



O programa trabalha com imagens que já existem, que você já salvou no seu computador ou com imagens novas, transparentes ou coloridas.

De qualquer forma, ao abrir uma imagem  ela assumirá a extensão inerente ao programa, que é .psp. Ao terminar um trabalho, você poderá salvar com as extensões .jpg ou .gif se quiser usar as imagens em emails ou em páginas. Há casos em que se salva uma "matriz" de trabalho na extensão .psp para reaproveitar os passos construídos, preservando as diversas camadas ( layers). O programa também usa outras extensões para aplicação de seus recursos: .masks, .jbrs, .tub, .pfr, .sel , que você conhecerá oportunamente.

Experimentar é fundamental. Em Editar você tem o recurso Undo, que desfaz o passo imediatamente anterior, também acessado por uma flechinha na barra de ferramentas. Portanto, experimente. É sempre possível desfazer.

É importante também saber onde vamos usar o que aprenderemos aqui. Basicamente serão papéis de carta, tiles  e figuras emolduradas para uso em emails e em páginas da Web. Mas há inúmeras possibilidades de desdobramento, como cartões, capas de CDs, blocos, banners, marcadores de livros, edição de fotos, etc.

Papéis de carta serão aplicados em emails como plano de fundo.

Tiles são lajotas sem emendas que também se prestam a plano de fundo.

O PSP vai constituir um mundo especial na sua máquina.  Prepare-se para isso, cuidando de organizar suas pastas e seus acessórios.

EmMeus Documento há uma pasta chamada My PSP8 Files, que você pode usar para guardar os  arquivos acessórios do programa, como masks e tubes.  Novas subpastas poderão ser criadas dentro dela conforme a necessidade, você verá.  Para criar uma nova pasta,  clique com o botão direito em qualquer lugar vazio na tela e vá em Novo/Pasta.  Aparecerá uma pasta com o nome "Nova pasta" piscando.  Digite o nome que deseja dar à sua pasta.  Se quiser mudar o nome de uma pasta, clique nela com o botão direito em Renomear

Vamos lá então, pacientemente, aprender a usar este recurso maravilhoso que é o PSP.


Como eu disse acima, nossa principal finalidade será criar os papéis de carta, molduras para imagens, assinaturas, etc.  Mesmo as imagens para compor as apresentações no Power Point poderão ser trabalhadas anteriormente no programa.

Mas vamos aos papéis de carta, que serão nossa primeira tarefa.

Claro que você já deve ter um pequeno acervo de imagens devidamente armazenadas em uma ou mais pastas.

A partir de agora você  vai precisar de muitas imagens  para trabalhar. Acostume-se a salvá-las, sempre que encontrar alguma interessante  e navegue para obter figuras, assim mesmo, fazendo "buscas" por imagens, ou procure alguma lista de troca de imagens para se associar.

Vamos ao passo_a_passo para criar nossos papéis.

 

1- Papel simples com borda lateral à esquerda

Abra o PSP e vá em File/Open e abra a imagem que vai utilizar.  Ou vá em File/Browse e escolha a pasta em que estão armazenadas suas imagens. Clique na imagem desejada e abra.

No início é bom que você escolha imagens com a extensão .jpg, porque as .gifs animadas perderão o movimento no PSP e precisam ser transformadas para usar.  Ao abrir uma .gif vc verá uma mudança, uma redução de cores na paleta de cores.  Vá então em Colors/Increase color depth/16 Million colors, que habilitará todas as cores para o seu trabalho.

Procure "conhecer" a imagem, verificando seu tamanho. Você  pode ver isso na barra de status, a barra inferior da sua tela, à direita. Pode também ir em Image/Image Information ou ainda clicar neste ícone   na sua barra de ferramentas.

O que nos interessa agora é o tamanho em pixels, a medida padrão preferencial dos programas de imagem.

Saiba que a medida-padrão de largura total do seu papel de cartas é 1024pxs.

Para o uso em mensagens não convém que a figura lateral à esquerda exceda 200pxs para que haja espaço suficiente para o texto.

Um bom tamanho para a altura é 300pxs, embora isso possa ser reavaliado de acordo com a imagem que se vai usar.

Caso a sua figura seja maior que isso, basta redimensioná-la, indo em Image/Resize e definir as porcentagens ou as medidas.

 

Sua caixa para Resize poderá reduzir ou ampliar a imagem  proporcional e automaticamente a um comando seu, desde que esteja marcada a opção Maintain aspect ratio.  Se desejar alterar as proporções, deixe desmarcada essa opção e digite as dimensões desejadas.

Logo abaixo nesta mesma caixa você tem a alternativa Resize all layers, que deverá ser marcada caso esteja trabalhando com layers e queira alterar o tamanho de todas.  Se ainda não sabe o que são layers, não se preocupe, saberá na ocasião certa.  

:-)

Adaptado o tamanho da imagem às nossas necessidades, isto é, tendo  aproximado o seu tamanho a uma largura ( width) de 200px

Vá agora em Image/Add Borders. Desmarque a opção Symmetric.  Configure as caixinhas com valor 0 em Top, Left e Botton e digite 850 em Border Right.  Dê OK.

 

Em Color, no quadradinho colorido, ao clicar com o mouse verá que ele se transforma num conta-gotas.  Clique com o conta-gotas na imagem, escolhendo assim a cor que vai ter o fundo do seu papel.

Veja aqui a imagem que escolhi, nas medidas 199 de largura ( width) x 257 de altura ( height).

 

E veja como ficará o papel depois de 

colocada a borda ( imagem reduzida).

Assine agora o papel, clicando na ferramenta texto ( aquele A grande) e em seguida  em qualquer ponto do seu papel.

Abrirá a caixa de texto em que você deverá deixar em 0 as configurações de Kerning e Leading.  Marque as opções Floating e Antialias.

 

Digite o texto e selecione-o, arrastando o mouse sobre ele.

Assim poderá alterar as configurações.

Defina a fonte e tamanho, digite sua assinatura e dê ok. Geralmente uso o tamanho 10 ou 12 de fonte para assinar.

A assinatura vai aparecer sobre o papel,  selecionada. Use a ferramenta Mover e posicione no local desejado.  

 

Caso queira inclinar o texto, com ele ainda selecionado,  vá em Image/Rotate/Free Rotate e configure ao seu agrado, deixando desmarcada a opção All Layers.  

 

Conte  sempre com a possibilidade de usar Undo quando não agradar.  Futuramente você vai dominar a aplicação de efeitos e poderá até aplicar alguma sombra ou outro efeito desejado na assinatura. 

Salve o papel como .jpg, que é a extensão que melhor preserva as cores das imagens.  Clique em File/Save as... e procure a extensão .jpg.  Dê um nome ao papel e salve na sua pasta de papéis.


Vamos agora usar o papel que criamos!

Abra uma nova mensagem no Outlook e certifique-se de que esteja marcada a opção Rich Text.

Vá em Formatar/Plano de fundo/Imagem e procure o papel que salvou e dê OK.

Prontinho!

Aí está ele!  Digite o texto da sua mensagem  e posicione lateralmente, selecionando-o e clicando nas flechas da barrinha de formatação.

Aguardo uma mensagem formatada com um papel que você criou.


2- Papel básico com imagem emoldurada

Siga os passos do papel anterior, escolhendo a imagem e configurando para o tamanho desejado.

 Vá em Image/Add borders e use o conta-gotas para capturar uma cor para a borda.  Desta vez marque a opção  Symmetric  e configure a numeração para 5. Claro que sua borda poderá ser maior ou menor, experimente uma largura que agrade.  OK.

Sua imagem foi emoldurada.  Selecione essa moldura com a Magic Wand, aquela varinha luminosa, configurada para Tolerance e Feather 0.  

 

 Depois  clique em algum ponto da moldura e ela estará totalmente selecionada.

Vá em Effects/3DEffects/ Inner Bevel e experimente as opções.  O preset    Metallic costuma oferecer um resultado interessante, mas há diversas opções, tente, invente!

Em seguida proceda como no papel anterior, escolhendo a cor para o corpo do seu papel e configurando Image/Add Borders para acrescentar uma borda de 850pxs aproximadamente, à direita.

 

 

Assine, salve e comemore, porque já sabe fazer dois tipos de papel de carta!  Se observou bem nossos pequenos passos verá que também já sabe fazer molduras simplesinhas!

Com este recurso você já pode escolher uma imagem, emoldurar e aplicar um texto, um alô para os amigos, uma gracinha nova e usar esta imagem inserida no email. 

 

Experimente, exercite, com calma e confiança de que vai acertar!

 

Caderninho

Índice do curso de PSP8

Folhas Soltas